Pelo telefone, bombeiro ajuda a desafogar bebê engasgado com remédio no Paraná

Um bombeiro de plantão ajudou, pelo telefone, a desafogar um bebê de dois meses de idade que estava engasgado, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, no domingo (2) de manhã.

Pelo telefone, bombeiro ajuda a desafogar bebê engasgado com remédio, em Ponta Grossa

A mãe da criança ligou para o Centro de Operações dos Bombeiros porque o bebê estava sem conseguir respirar após se engasgar com um remédio.

Pelo telefone, o soldado Carlos Israel Virgilio fez as orientações para desafogar a criança.

  • Mãe: Por favor, me ajuda a desafogar meu filho, ele tem três meses
  • Bombeiro: O que aconteceu com ele, senhora?
  • Mãe: Ele foi tomar um remedinho e se afogou.
  • Bombeiro: Senhora, faz o seguinte. Preste atenção em mim. Pegue ele no colo, sente em uma cadeira, coloque o peito dele no seu antebraço, segurando no queixinho dele.
  • Mãe: Tá.
  • Bombeiro: Dá três tapinhas nas costas dele. Deixe a cabeça mais baixa e dá três tapinhas nas costas dele.

O oficial repete as orientações por alguns minutos, enquanto a mãe repassa os comandos para outra pessoa dentro da casa.

Após um tempo repetindo os movimentos, é possível ouvir o choro da criança ao fundo da ligação, voltando a respirar.

Mesmo assim, uma ambulância foi até o local prestar atendimento médico.

O bebê foi levado já sem riscos para uma avaliação no Hospital da Criança João Vargas de Oliveira. Depois de ser atendimento, ele foi liberado.

As informações são do G1 Foto: Arquivo pessoal/Luana Rodrigues

Notícia Anterior

Quase metade dos contribuintes ainda não enviou declaração do IR

Próxima Notícia

Pai denuncia filho por furto em residência e PM recupera objetos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *