Morre Maguito Vilela, prefeito eleito de Goiânia, aos 71 anos em decorrência da Covid-19

O prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), morreu na madrugada desta quarta-feira, aos 71 anos, após um longo período de internação por causa da covid-19. A informação sobre a morte foi confirmada na página oficial do político em uma rede social. Ele estava licenciado desde a posse, no dia 1º de janeiro, e quem está no comando da capital goiana é o vice-prefeito eleito, Rogério Cruz (Republicanos).

Maguito estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro para tratamento do novo coronavírus. Segundo sua assessoria, ele lutava contra uma infecção pulmonar diagnosticada na semana passada. De acordo com o hospital, o emedebista morreu às 4h10. “A família está providenciando o traslado do corpo de São Paulo para Goiás e ele deve ser sepultado em Jataí, sua terra natal. Assim que tivermos mais informações repassaremos”, informou a nota.

O último boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein, ontem, informava que Maguito Vilela estava sedado para o tratamento de infecção pulmonar grave. Duas irmãs dele — Nelma, 76, e Nelita, 82 — morreram em agosto, vítimas da covid-19. Na época, Vilela prestou homenagem a ambas nas redes sociais e agradeceu a todas as orações e mensagens de apoio recebidas. Ele também se solidarizou com as famílias que perderam entes queridos durante a pandemia.

carreira política – Maguito Vilela teve uma longa trajetória na política goiana. Em 45 anos de vida pública, mudou de partido apenas na transição para a democracia, quando trocou a Arena pelo MDB. Além de prefeito eleito, foi vereador, deputado estadual e federal e vice-governador. Ele também ocupou a cadeira de governador de Goiás entre 1995 e 1998 e logo depois foi eleito para o senado federal, de 1999 a 2007.Antes de ser eleito em Goiânia, Maguito foi prefeito de Aparecida de Goiânia, na região Metropolitana da capital, entre 2009 e 2016.

com informações UOL e foto divulgação

Notícia Anterior

Jovem de 22 anos, praticante de ciclismo morre por complicações da Covid-19

Próxima Notícia

Mulher procura penitenciária para ajustar tornozeleira eletrônica e acaba presa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *